terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Bem Portugueses... Pastéis de Nata!!!



Hoje ao folhear um jornal, deparei com uma noticia que me encheu de orgulho do meu País e da gente dele que se encontra espalhada por esse mundo fora...


Inaugurado recentemente em Talin, capital da Estónia, um café - restaurante Português, com o nome de Vasco da Gama, torna-se o primeiro deste sector a chegar aos países bálticos.
Dando assim a conhecer o melhor da nossa gastronomia. Exemplo disso são os tão famosos pastéis de nata que se tornaram a nova atracção da cidade...


E sinceramente quem é que conseguiria resistir a isso ?


Parabéns pela iniciativa e que o nome de Portugal possa estar sempre ligado apenas a coisas boas...


E, já agora não vá eu ter aberto o apetite a alguém, deixo aqui uma receita, não a original, mas a que eu por vezes faço cá em casa e que me agrada bastante.


Ingredientes


Massa folhada
0.5 l de leite meio gordo
275 g de açúcar
35 g farinha maizena
1 pitada de sal
1 colher ( chá) de margarina
1 ovo
5 gemas
1 vagem de baunilha
1 casquinha de limão


Deixe a massa folhada fora do frio por umas horas, pois esta deve estar à temperatura ambiente quando a for trabalhar.
Estenda a massa numa superfície polvilhada de farinha com a ajuda de um rolo até ficar o mais fina possível.
Sacuda o excesso de farinha e pincele um dos lados da massa com água.
Recorte rodelas de massa e forre forminhas deixando o lado molhado para fora, pressionando bem com a ponta dos dedos.


Prepare o creme, colocando o leite ao lume com a margarina, a casquinha de limão e as sementinhas da vagem de baunilha ( abra a vagem com uma faquinha e raspe as sementinhas que se encontrar no interior).
À parte junte a farinha com o açúcar e o sal.
Quando o leite levantar fervura, adicione-o à mistura de farinha mexendo muito bem.
Retire do lume, deixe arrefecer um pouco e adicione o ovo e as gemas. Misture bem.
Passe esta mistura por uma peneira e encha as forminhas, tendo atenção para não as encher até cima, senão o creme verte para fora.
Leve ao forno até ficarem cozidos e tostadinhos, o tempo varia conforme a temperatura do forno que quanto mais alta for melhor.
Pode servir polvilhados com açúcar em pó e canela....

Podem não ser os originais, mas garanto que ficam muito saborosos e cá em casa são bem apreciados ....









Sem comentários: